Meias-Finais Regionais Alentejo
Um BPI de luxo e o grito da Zacatraz 1803

Das 51 equipas que, nos dias 16 e 17 de Setembro, competiram nas Qualificações Regionais do Alentejo, 28 regressaram ao Tróia Golf no último sábado para as Meias-Finais. O objectivo eram os dois primeiros lugares, aqueles que davam acesso à Final Nacional Açores – e as que lá chegaram foram BPI e Zacatraz 1803.

O BPI fez uma prova à parte vencendo a jornada com nada menos do que 93 pontos, na habitual modalidade de texas scramble modificado. Carlos Andersen/Gabriel Uva constituíram o melhor par net do dia com 48 pontos, enquanto Diogo Louro/Gonçalo Uva somaram 45. É terceira vez que estes jogadores marcam presença na final pelo BPI, depois de 2012 e 2015. 

Troai_7_10_b

Carlos Andersen, Gabriel Uva, Diogo Louro e Goncalo Valente da equipa BPI / © Filipe Guerra 

“Ficámos com um certo sentimento misto de satisfação e incredulidade, com esta combinação de dois resultados muito bons”, afirmou o capitão da equipa, Diogo Louro. “A probabilidade de isto acontecer é pequena, mas às vezes acontece, o que nos deu este total de pontos com tanto espaço para o segundo lugar.” 

Zacatraz é o grito de saudação/homenagem dos alunos ou antigos alunos do Colégio Militar e é sinal da sua presença em eventos públicos ou reuniões privadas, que neste caso se traduziu num brilharete no Expresso BPI Golf Cup, com o segundo lugar na prova alentejana e o respectivo apuramento, com 84 pontos. 

Entre os quatro antigos alunos do Colégio Militar, o destaque foi para João Silveira Machado/Paulo Almeida, que, com 46 pontos, foram o segundo melhor par net em prova. Ricardo Floreano/Luís Gião marcaram 38. 

“Ainda estou um bocado fora de mim, porque a minha dupla teve assim uma prestação não propriamente brilhante”, afirmou o capitão da Zacatraz, Luís Gião. “Com os nossos 38 pontos, estávamos à espera de apanhar o barco e dormir uma sesta até ao outro lado, mas felizmente os nossos companheiros excederam-se, para compensar.”

Troai_7_10_a

A Zacatraz 1803 com João Machado, Luís Gião, Paulo Almeida e Ricardo Floreano / © Filipe Guerra

A Visioarq (gabinete de arquitectura) e a LGSP Sports (sigla para Lufthansa Ground Services Portugal), vencedoras de cada uma das duas jornadas de Qualificações Regionais, terminaram no terceiro e quinto lugares, respectivamente, com 83 e 81 pontos. A Fonte Viva foi quarta com os mesmos 83 da Visioarq.

No top-10 ficaram ainda Miragem (80), NOS 2 (79), AMTConta/Astrobalance (79), Vinicom (78) e Nike (77).

Agora, já só faltam conhecer as representantes da Madeira na Final, isso acontece no fim-de-semana de 21 e 22 de Outubro no Clube de Golfe do Santo da Serra, com Qualificações no sábado e Meias-Finais no domingo.