Vem aí o Expresso BPI
Saiba porque ninguém quer ficar de fora

Está a chegar aquele que é um dos momentos mais aguardados do ano, no que ao golfe nacional amador diz respeito. Não será por isso de estranhar que os driving ranges um pouco por todo o país registem um incremento de actividade. Vem aí a 23.ª edição do Expresso BPI Golf Cup e todo o treino é pouco para o maior evento desportivo para empresas – com equipas de quatro jogadores, divididas em dois pares – que se realiza em Portugal.

A época de 2020 arranca no fim-de-semana de 10 e 11 de Julho com as Qualificações Regionais do Douro, no transmontano Vidago Palace Golf Course, e depois disso o circuito vai passar por mais oito regiões, antes da Final Nacional Açores, em Novembro, e da Finalíssima, em Dezembro, em Tróia. Até lá, como se costuma dizer, muita água correrá.

Fale-se com os participantes, que muitos dirão que é o ponto alto das respetivas agendas competitivas. “É o nosso torneio preferido do ano porque concilia uma componente competitiva estimulante com um ambiente social intra equipa e inter equipas muito bem organizado e simpático”, considera Francisco Pinto Barbosa, partner da Clubefashion, o maior outlet digital do país. “Acresce que a modalidade, o texas scramble modificado, é bastante eficaz para amenizar os traumas dos maus shots no golfe”, acrescenta.  

Neste formato de jogo, cada par joga duas bolas do ponto de partida, optando depois pela melhor bola (no entendimento da equipa) para dar seguimento ao buraco, repetindo-se o procedimento até chegarem ao green. E isto é tão apelativo para os handicaps altos (que não têm de andar tantas vezes à procura de bolas no mato) como para os handicaps baixos (que têm o birdie sempre mais perto). Depois, dentro do texas scramble, existem variantes: a nível regional, que por sua vez se divide em duas etapas, joga-se em stableford(por pontos); na Final Nacional, em stroke play (por pancadas); e na Finalíssima, desde 2017, em match play (despique directo entre oponentes, buraco a buraco).

“Eu acho que não há torneio nenhum igual a este”, afirma Pedro Soares Franco. managing partner da Get Wash, empresa de serviços de logística e lavagem de automóveis. “Além da competição em si, que é sempre divertida, a excelente organização e o bom ambiente são diferentes de tudo o resto. É quase um ambiente familiar, como se fôssemos de férias todos os anos para o mesmo sítio, onde é sempre bom voltar.”

Francisco Xavier da Cunha, CEO da Inspire Wizard, confere: “É o ex-libris, o torneio do ano em termos de equipas, um momento sempre especial de que todos nós, golfistas amadores, gostamos de fazer parte. O formato é desafiante, com as diversas etapas até se chegar às finais. Depois, somos sempre muito bem tratados.”

José Jesus Costa, Western Europe Business Development Manager da Grundfos, líder mundial no fabrico de bombas e soluções de bombagem de água, diz mesmo que o Expresso BPI “é realmente aquela competição que, uma vez por ano, nos faz sentir quase profissionais”. Mais: “É uma referência do golfe em Portugal, já com muitos anos de tradição e jogada numa modalidade que traz mesmo ao de cima o espírito de equipa. Jogo golfe há 12 anos e, coincidência ou não, a primeira prova colectiva em que participei foi esta, curiosamente, na Madeira. Passámos a primeira fase regional com distinção e ainda hoje tenho esse troféu em casa. Está sempre na minha memória.”

Pura competição, simples convívio golfístico, networking ou retorno mediático pelos Media Partners – Expresso e SIC Notícias – , cada qual tem o seu propósito ao participar, embora também se possa dizer que é um pouco de tudo. Carlos Alberto Gonçalves, presidente da Adriparte Gest SGPS, estreou-se o ano passado e vai repetir este ano a presença, “não tanto por uma questão de visualização da marca, porque nós somos uma private equity e portanto reservamo-nos de alguma maneira a publicitação do que fazemos”, antes pela “confraternização e o ambiente” de que tanto gostou na sua estreia. E, claro, porque tem contas a ajustar com aquela “bola na trave”, quando a sua equipa falhou o apuramento para a Final Nacional Açores por apenas um ponto.


seks shop seks shop seks shop seks shop seks shop seks shop seks shop vibrator vibrator vibrator vibrator vibrator vibrator erotik shop istanbul escort izmir sex shop izmir sex shop ankara sex shop ankara sex shop antalya sex shop istanbul erotik shop istanbul erotik shop istanbul sex shop sex toys istanbul izmir sex shop izmir sex shop sex shop izmir sex shop izmir sex shop izmir izmir sex shop izmir erotik shop